• Segunda etapa de vacinação contra a Febre Aftosa segue até o dia 30 de novembro

5 de novembro de 2021


Segundo a Emdagro, a meta é imunizar todos os animais de até dois anos de idade

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa já começou e os produtores rurais têm até 30 de novembro para imunizar bovinos e bubalinos (búfalos) com até 2 anos de idade. A estimativa é vacinar 450 mil animais nessa faixa etária em todo o estado de Sergipe.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Sergipe (Faese), Ivan Sobral, lembra que há 26 anos, o estado de Sergipe mantém o status de Zona Livre de Febre Aftosa, ainda com vacinação. “Mesmo estando em pauta, o reconhecimento de áreas livres de febre aftosa sem vacinação, continua a imunização em Sergipe e todos os pecuaristas devem vacinar o rebanho.”, explica o presidente.

Para essa etapa, o criador deverá ficar atento à Portaria nº 160/2021 da Emdagro, que estabelece a obrigatoriedade da apresentação do documento de identificação do proprietário dos animais ou de seu representante, no momento da declaração de vacinação, bem como o preenchimento completo do formulário de declaração que se encontra no link: https://www.emdagro.se.gov.br/wp-content/uploads/2021/10/DECLARACAO-AFTOSA.pdf

As vacinas podem ser adquiridas em uma das 97 casas agropecuárias credenciadas na Emdagro para a comercialização deste produto. “A imunização ocorre até o dia 30 de novembro e o prazo para declarar vai até 10 de dezembro à empresa, apresentando a classificação do rebanho, por sexo e idade, e a nota fiscal de compra das doses aplicadas”, alertou a Diretora de Defesa Animal da Emdagro, Aparecida Andrade.

A declaração poderá ser feita também através do site da Emdagro em www.emdagro.se.gov.br, pelo WathsApp em 79 9 9191-4341 (através do envio do formulário preenchido e assinado junto com cópia do documento de identificação do proprietário dos animais para o email [email protected]) ou ainda presencialmente em um dos escritórios da Emdagro mais próximo.

De acordo com a coordenadora do Programa de Controle e Erradicação da Febre Aftosa (responsável pelo Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa) da Emdagro, Adriana Frias, a meta nesta etapa de novembro é ultrapassar os 95% de animais imunizados. A primeira etapa, ocorrida em maio, envolveu 40.421 propriedades rurais com 1.045.667 de bovinos e búfalos. Foram imunizados 964.461 animais, em 35.380 estabelecimentos. “A vacinação é obrigatória e indispensável para manter o Estado de Sergipe livre da doença com vacinação, e o desafio é evoluirmos nosso status sanitário, num futuro próximo, para área livre da aftosa sem vacinação. Para isso precisamos vacinar, no mínimo 90% do rebanho, índice determinado pelo Ministério da Agricultura.”, reforça.

Com informações da Emdagro






  • Multimídia